top of page
  • Foto do escritorCAUÊ OLIVEIRA

Gaps de competência na liderança: como o uso de dados podem ajudar a identificá-los?


Pensar no desenvolvimento dos líderes é uma estratégia necessária para a empresa além da descoberta de novas habilidades.


Nesse processo, é possível encontrar e preencher gaps de competência que podem ser prejudiciais, tanto ao profissional quanto ao negócio.

Algumas competências são essenciais ao bom desempenho de um líder e, quando abaixo do normal, comprometem os objetivos da organização, uma vez que uma equipe completa depende de orientações para seguir projetos e atividades.


Neste post você confere o que são gaps de competência, como identificá-las e preenchê-las. Continue lendo e veja como a jornada de desenvolvimento de líderes conduzida pela Youleader pode ajudar nesse mapeamento!


O que são gaps de competência?


Tratando-se de líderes, os gaps são lacunas detectadas no perfil do profissional que podem e devem ser solucionadas. Para exercer sua função de forma eficiente, essas questões precisam deixar de existir, uma vez que dizem respeito a competências necessárias ao cargo e responsabilidades.


Qual é a importância da identificação e preenchimento desses gaps?


Os líderes exercem um papel de influência, devendo passar segurança e credibilidade para os colaboradores da equipe. Se uma ou mais competências estiverem abaixo do esperado, há o risco de comprometer a relação de confiança e autoridade.


É preciso entender a origem e o motivo da existência dos gaps, e como eles interferem no trabalho de cada líder. Assim será mais fácil adotar medidas corretivas e preencher as lacunas para minimizar os efeitos.


Muitas vezes, um líder é capacitado para a função, mas não sabe como aplicar determinada competência. A identificação permite analisar as falhas e desenvolvê-las até que o profissional esteja alinhado com a equipe e empresa.


É importante salientar que todas as ações dos líderes têm impacto direto nas equipes, positiva ou negativamente. O líder representa solução e direcionamento, sendo um pilar de decisão quando os colaboradores precisam.


De modo geral, as pessoas esperam que um profissional em posição de liderança tenha respostas para todos os problemas. Sabemos que essa “obrigação” não condiz à realidade, mas é preciso minimizar as dificuldades de resolução por falta de competências.

Com os gaps, o líder pode tomar decisões por impulso, que levam risco à empresa. Essas situações são ligadas a:

  • problemas internos;

  • interferências externas;

  • dificuldades dos setores.

Por fim, em um ambiente organizacional, em que os líderes são bem desenvolvidos e capacitados para a função, impera a produtividade. Os profissionais saberão:

  1. lidar com suas equipes;

  2. delegar atividades;

  3. relacionar-se de forma saudável.

Como identificar os gaps de competência?


Se os gaps existem, precisam ser identificados antes que causem impacto no desempenho do líder e, consequentemente, problemas à empresa.


Com ações bem direcionadas e conduzidas por equipes especializadas é possível encontrar gaps de liderança. Veja algumas delas, a seguir!


Mapeamento das competências necessárias para cada cargo de liderança


O conhecimento sobre as competências mais importantes que o líder deve ter na empresa abre precedente para identificação dos gaps. Um bom mapeamento aponta o perfil ideal segundo as especificidades de cada cargo de liderança.

Considerando os setores e responsabilidades, os cargos de liderança requerem conhecimentos e comportamentos específicos. Tratar todos os líderes de forma igual pode ser um erro, por isso a importância do mapeamento.


Realização de avaliações de desempenho


Outra ação que pode levantar gaps é a avaliação de desempenho, visando medir e mensurar os resultados por competência.


Ao submeter os colaboradores às avaliações, as lacunas surgem e demonstram que existem gaps a serem trabalhados.


Na avaliação de desempenho fica claro o que cada colaborador enfrenta de barreira para realizar um bom trabalho. É a oportunidade de saber o grau de responsabilidade da empresa em relação ao desenvolvimento profissional.


Mapeamento das competências dos próprios líderes


Após mapeadas as competências ideais para o cargo de liderança, é hora de confrontar com os resultados das avaliações de desempenho.


Identifique se o perfil dos líderes da sua empresa está completo, tratando-se de habilidades e competências essenciais para a função desempenhada.


Em muitas empresas, a rotina diária impede que os profissionais façam uma reflexão sobre o próprio desempenho. Muitas vezes os líderes nem sabem o que precisam desenvolver ou não têm ciência das principais diferenças entre ser gestor e líder.


O que fazer para resolver os gaps identificados?


Mais do que mapear os gaps de competência, é preciso agir para resolver as lacunas e ter um bom time de líderes. É fundamental planejar as ações e ser estratégico de modo a melhorar o desempenho dessas questões e ver os líderes alcançarem a alta performance.

A coleta, o uso e cruzamento de dados pode ser eficiente na identificação e correção dos gaps. A cada lacuna preenchida é uma competência a mais para transformar um gestor em verdadeiro líder dentro da empresa.


Os registros são embasamento para a ação, considerando que sem a identificação será mais difícil corrigir os gaps. Os dados são aliados de uma jornada que só deve terminar quando não existirem lacunas a serem preenchidas.


Para empresas que desejam se destacar no mercado e ter vantagem competitiva, a eliminação de gaps de liderança é uma prioridade. A figura do líder é imprescindível na condução de processos e pessoas, por isso a necessidade de ter talentos capacitados.

Fazer um diagnóstico profundo e detalhado de todo o cenário que envolve as lideranças possibilita ações mais contundentes. O processo demanda atenção ao comportamento, desempenho e entrega, pois nem sempre os líderes enxergam suas próprias dificuldades.


Como a Youleader ajuda a desenvolver os gaps na jornada das lideranças?


A Youleader é a principal parceira do GPTW no Brasil para temas relacionados a liderança e desenvolvimento de pessoas, e atende, hoje, 40% das 150 melhores empresas do ranking nacional, além de impactar, em média, mais de quatro pontos percentuais nos resultados da pesquisa do GPTW (na medição seguinte).


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page